Cozinha, Decoração

Revestimento para Cozinha – Ideias para se inspirar

Revestimento para Cozinha – Ideias para se inspirar e melhorar a harmonização do espaço, assim como dar um toque especial ao ambiente, pois os revestimentos têm esse poder. Existem diferentes tipos de revestimento, assim como diferentes cores, texturas e tamanhos. Por isso é importante escolher bem antes de instalar tudo na cozinha, algumas cores não combinam com outras e o mesmo vale para as texturas. Confira essa e outras dicas de como escolher o melhor revestimento para sua cozinha.

Revestimento para Cozinha
Revestimento para Cozinha – Ideias para se inspirar (Imagem: Divulgação)

Revestimento para Cozinha – Ideias para se inspirar. Confira!

Vamos combinar que a cozinha não é mais apenas um espaço para cozinhar ou fazer as refeições, mas sim um ambiente para reunir amigos e familiares. Mediante a isso, esse espaço deve ter a personalidade dos donos da casa e ao mesmo tempo ser bonito e elegante. E a melhor maneira de fazer isso é acertando na escolha dos revestimentos.

Atualmente o tipo de revestimento mais utilizado para a cozinha é o azulejo. Mas também existem outras opções como pastilhas, mosaicos, ladrilhos, mármore, madeira e até porcelanato. Com todos esses materiais é possível criar designs autênticos e personalizados. Alguns deles trazem certos efeitos para o ambiente, como a madeira que traz rusticidade e o porcelanato traz brilho e modernidade. Além disso, na hora de escolher o revestimento ideal, não olhe apenas a beleza do material, mas sim sua funcionalidade na hora de limpeza e sua durabilidade. Confira algumas ideias para se inspirar!

Revestimento em madeira

O uso de madeira pode trazer um tom mais rústico e elegante à cozinha. (Imagem: Divulgação)

A madeira é um material simples e clássico. Não corre o perigo de sair de moda e traz elegância ao ambiente. Você não precisa colocar madeira na cozinha inteira, mas trabalhar com painéis em alguns pontos estratégicos, como no fundo do balcão por exemplo.

Revestimento em azulejo

O uso de azulejos personalizados e coloridos é muito utilizado. (Imagem: Divulgação)

Os azulejos ainda são o material mais utilizado para esse fim. Então não tem erro ao escolhê-los. Atente-se apenas para as cores do azulejo com o restante de cores da cozinha, o importante é criar uma harmonização entre todo o ambiente. Além disso, o azulejo tem um ótimo desempenho de aplicação e baixo custo, tornando a opção mais utilizada nas cozinhas. É possível até encontrar modelos mais antigos de azulejo em lojas de materiais de demolição e compor detalhes únicos no ambiente.

Revestimento em tijolo à mostra

Este não é um estilo muito comum, remete a um modelo mais rústico. (Imagem: Divulgação)

Essa ideia é um pouco mais ousada, mas muito moderna. Para quem gosta de um ambiente um pouco mais rústico e acolhedor os tijolos à mostra trazem essa sensação. Você pode usá-los em alguns pontos ou em toda a parede principal da cozinha.

Revestimento em cimento queimado

Esse tipo de revestimento é ideal para quem quer uma alternativa barata e ao mesmo tempo moderna para a cozinha. O cimento queimado pode ser combinado com papeis de parede para equilibrar o ambiente.

Revestimento em mármore

O uso do mármore traz muita elegância e empoderamento à cozinha. (Imagem: Divulgação)

Se você quer trazer sofisticação para sua cozinha, aposte nos revestimentos de mármore. São pedras lindas que combinam facilmente com os outros móveis do ambiente.

Revestimento em ladrilhos     

Os ladrilhos possuem uma infinidade de formatos, estampas e cores, por isso também são uma ótima opção de revestimento para a cozinha. Você pode combiná-los com o piso e com os armários, criando uma composição moderna ao ambiente.

Revestimento em papel de parede 

Estilo mais simples e barato, mas não perde a elegância. (Imagem: Divulgação)

Essa é a opção mais prática e rápida de todos os revestimentos. Os papeis de parede são uma opção alternativa de transformar a decoração de sua cozinha rapidamente. São inúmeras cores e estampas. A única recomendação é não o usar muito perto da pia, pois o contato direto com a água pode estraga-lo.